Você possui um imóvel nas proximidades das praias de São Sebastião, e o aluga esporadicamente para garantir uma renda extra? Está na hora de encarar essa como uma oportunidade de negócio e começar a lucrar de forma inteligente!

Nos EUA, o mercado de aluguel de curta duração em geral já deixou de funcionar apenas uma complementação de renda para os proprietários e se tornou um negócio rentável, lucrativo e visado. Da mesma forma, esse mercado vem crescendo e se profissionalizando no Brasil.

Um imóvel próximo às praias de São Sebastião, como o seu, se encontra em um cenário extremamente favorável e alinhado a essa tendência. Afinal, se trata de uma das regiões mais propícias a se tornar palco desse investimento! Confira a seguir um aprofundamento nesses motivos que vão te permitir alavancar seus ganhos e lucrar mais.

O aluguel de curta duração é um tipo de negócio

Quando se fala em aluguel de curta duração, a prática costuma ser diretamente associada à imprevisibilidade de ganhos. Também é um desafio estabelecer um valor que valha a pena para você e, ao mesmo tempo, seja competitivo. Provavelmente são esses fatores que te fazem alugar o seu imóvel nas praias de São Sebastião apenas de forma esporádica.

Porém, se você quer ganhar mais dinheiro com esse imóvel, é preciso entender que não basta apenas aumentar a taxa de ocupação. Sabe por que? Há outros fatores a serem considerados neste tipo de modelo de negócios; inclusive, a qualidade. Este item é um atrativo mais poderoso para potenciais hóspedes e gera vantagem competitiva que você pode explorar!

Agregar valor ao seu imóvel e atrair hóspedes mais qualificados torna seu negócio muito mais lucrativo. Ambas essas características permitem que reservas por períodos menores de tempo multipliquem seu ganho mensal em comparação, por exemplo, a aluguéis de longa duração. O seu desafio, então, é pensar em uma estratégia para alcançar essa alta lucratividade.

No caso do aluguel de curta duração, é possível fazer um planejamento da variabilidade do valor do aluguel do imóvel. Projetar ganhos e despesas levando em consideração os diversos cenários, inclusive sazonalidade. Com isso, você garante que, mesmo com um menor número de reservas, seja possível cobrar diárias mais altas e até evitar gastos frequentes com manutenção.

A demanda para aluguel de curta duração é crescente

A melhor forma de agregar valor a um imóvel estabelecido para aluguel de curta duração é entender o ponto de vista dos viajantes que se hospedarão ali. Então, é imprescindível refletir sobre o perfil deste público e sobre as tendências desse mercado.

A forma como as pessoas buscam opções de lugares para ficar (e a maneira como encaram esses lugares) foi modificada por fatores como a tecnologia e as redes sociais. Atualmente, é simples e rápido fazer uma reserva, tanto quanto é simples e rápido publicar uma foto em uma mídia social. É essa realidade que os seus hóspedes estão vivenciando.

Além disso, é uma tendência atual os viajantes se afastarem da idéia do turismo convencional. O hóspede busca um lugar que possa ser a sua nova casa por alguns dias. Da mesma maneira, pretende vivenciar aqueles dias como um morador, fazendo aquilo que nativos fariam, realizando atividades locais e autênticas. Atividades e clichês turísticos continuam sendo válidos e valiosos, mas com um apelo menor; eles já não funcionam mais sozinhos para atrair o público.

As pessoas estão buscando criar uma proximidade mais aprofundada e verdadeira com os lugares que visitam; e querem compartilhar cada momento e experiência com os seu seguidores online.

É, inclusive, por conta desse novo perfil de viajantes e hóspedes que, ao invés de optarem por hotéis e pousadas, esses desbravadores se hospedam cada vez mais nas casas de nativos, por meio de aplicativos, como Airbnb e Booking.

Sendo assim, tenha em mente que toda essa configuração é, basicamente, a alma do aluguel de curta duração. Você diria que o seu imóvel hoje pode proporcionar essa experiência para seus hóspedes?

Seu imóvel deve ser melhor aproveitado

Antes de pensar que todo esse aspecto subjetivo pode ser ignorado, e que basta oferecer o mínimo, lembre-se: seu objetivo é lucrar, evoluir a sua renda. O documentário Stay Here (“Reforme na baixa, fature na alta”, em português), disponibilizado na plataforma de streaming Netflix, é uma fonte rica para obter insights de acordo com esse mindset.

O reality show mostra história reais de pessoas que tiveram seus imóveis reformados com o intuito de fornecer experiências memoráveis para seus clientes. Para isso, os proprietários contam com o trabalho especializado de Genevieve Gorder, renomada designer de interiores, e Peter Lorimer, experiente especialista no mercado imobiliário.

Após conhecer a história dos locadores, uma das primeiras perguntas que feitas a eles é: o quanto você quer ganhar com este imóvel? A partir da definição deste objetivo, os profissionais são capazes de:

  • estabelecer uma meta mensal e anual;
  • fazer um comparativo com os concorrentes principais do imóvel;
  • estabelecer o nicho que a nova estética a ser aplicada no imóvel deve atender.

A partir daí, é possível investir em uma reforma certeira para conquistar as pessoas com um novo valor agregado, e uma nova estratégia de marketing. Ambos, aliados, provam ser completamente capazes de alcançar os objetivos financeiros dos proprietários na prática.

Ou seja, esse é o grande motivo que faz a experiência do usuário ser tão significativa para o seu lucro. É o sucesso dessa estratégia que vai garantir a estabilidade do seu negócio de aluguel de curta duração. Você deve dar bons motivos para o hóspede optar por alugar seu imóvel, ao invés de reservar uma pousada, por exemplo.

As praias de São Sebastião são muito visadas

São Sebastião consiste em mais de 65 km do litoral norte de São Paulo. Composto por 33 praias, o município já oferece uma enorme variedade de atrações locais e naturais que atendem diversos perfis de viajantes. São poucas localidades nacionais que oferecem tanta diversidade de lazer, gastronomia, esporte e cultura em geral.

Outro aspecto que atrai bastante os forasteiros para as praias de São Sebastião são os diversos eventos esportivos que ocorrem no município ao longo do ano. Além disso, as datas comemorativas também promovem um grande movimento. Da mesma forma, diferentes perfis de pessoas dão preferência para visitar a região fora de temporada.

Somado a isso, as praias de São Sebastião (SP) serão ainda mais visadas graças a aprovação de um projeto que pretende construir um  home port e marina público na cidade. Com isso, o município recebeu até mesmo uma condecoração do MTur (Ministério do Turismo), o Selo +Turismo.

Todos esses indicadores confirmam o fato de que a atividade turística será cada vez mais incentivada e favorecida na região. Agora que você está ciente do enorme potencial que o seu imóvel localizado nas praias de São Sebastião possui, que tal se planejar para repaginá-lo e lucrar mais?

Coloque seu negócio em movimento e conte com uma maior tranquilidade na gestão dos aspectos operacionais que este ramo requer. Confira esse artigo e saiba como ganhar mais com aluguel por temporada!