Ficar com um imóvel parado pode gerar diversas dores de cabeça para um proprietário, além de estagnar seu ganho financeiro. Atualmente, uma das melhores alternativas à crise prolongada é o aluguel de curta estadia, que, inclusive, já se tornou um nicho de mercado bastante rentável. Com o surgimento de plataformas especializadas, essa prática se tornou um sucesso entre proprietários de imóveis. 

Você já fez o balanço entre os benefícios e retorno financeiro oferecidos pelo aluguel por temporada em comparação com o aluguel tradicional? Hospedar por curtos períodos é uma modalidade de aluguel que oferece diversos benefícios práticos, maior retorno financeiro e ainda representa uma oportunidade de tornar o imóvel em uma fonte de renda proveitosa. 

A seguir, confira alguns ótimos motivos pelos quais você deveria considerar apostar em aluguel de curta estadia. 

1. As diárias são mais vantajosas para o anfitrião

Os imóveis disponibilizados para aluguel de curta estadia costumam ter diárias mais altas. Isso já é de praxe; afinal, quanto menor o tempo de hospedagem, maior o custo diário e os gastos com limpeza, manutenção e gestão. Além disso, há um grande valor agregado, principalmente, nos imóveis com localização privilegiada e design diferenciado. 

Todos esses fatores corroboram para incrementar o valor das diárias e, por consequência, ajudam a aumentar o retorno financeiro mensal. Se comparado ao aluguéis tradicionais, com duração de um ano e pagamentos mensais, o aluguel de curta estadia já se mostra mais vantajoso.

Porém, para conseguir alcançar esse retorno satisfatório, é necessário mantem um bom fluxo de hóspedes, o que depende de investir na apresentação do imóvel. Nesse sentido, existem diversas práticas que auxiliam proprietários a potencializar os ganhos com aluguel de curta estadia. Confira essas dicas do que fazer para ganhar mais com aluguel por temporada.

2. O imóvel se mantém ativo e ocupado

Em tempos de crise, pode ser difícil para um proprietário encontrar interessados em alugar imóveis com contratos de longo prazo. Porém, movimento é vida! É muito importante não deixar seu imóvel parado. Com o aluguel de curta estadia, é possível mantê-lo ativo sem depender um contrato fixo. Afinal, mesmo sem a previsibilidade do aluguel tradicional, com uma boa gestão, é possível manter um bom fluxo de hóspedes.

O uso do imóvel também ajuda a divulgá-lo, valorizá-lo e, principalmente, a garantir a sua integridade. Afinal, a falta de uso pode potencializar a degradação da estrutura, ou mascarar algum problema que, a princípio, seria facilmente solucionado, mas, com o passar do tempo, se torna uma enorme dor de cabeça. 

Manter o imóvel ativo por meio da alternativa do aluguel de curta duração ainda auxilia na manutenção de aspectos mais pontuais do imóvel. É também uma chance de detectar melhorias e reformas que possam ser feitas no espaço. Com isso, o imóvel se torna cada vez mais aperfeiçoado, o que contribui para aumentar o valor de uma possível venda no futuro.

3. O retorno financeiro em baixa temporada é maior

Com diárias mais vantajosas somadas à constante ocupação do imóvel, já dá para perceber que, mesmo o aluguel de curta estadia sendo facilmente associado à alta temporada, é possível lucrar fora dela. Esse tipo de imóvel, atualmente, atende a diversos tipos de viajantes com diferentes propósitos, por exemplo:

  • casais sem filhos que preferem viajar em baixa temporada; 
  • executivos que viajam para compromissos corporativos;
  • profissionais que trabalham remotamente;
  • estudantes que têm compromissos acadêmicos.

O que não falta é público para ocupar o seu imóvel. O grande desafio para conseguir fechar mais reservas e garantir um bom retorno financeiro no final do mês é saber fazer a correta apresentação e divulgação do seu imóvel. 

Para isso, vale a pena profissionalizar a gestão das reservas. Dentre as principais vantagens de terceirizar a gestão de aluguel por temporada estão o aspecto da divulgação e da estratégia de preços. Com a ajuda desses profissionais, você será assessorado com o objetivo de atrair hóspedes em todas as épocas de ano de forma competitiva e vantajosa.

4. Os contratos de locação são menos burocráticos

Como os alugueis de curta estadia não representam compromissos de longo prazo, os acordos e contratos podem valer por dias, semanas ou meses. Por isso, não é necessário possuir um fiador, já que os riscos são igualmente minimizados.

Plataformas especializadas em aluguel de curta estadia são o ambiente ideal para disponibilizar o seu imóvel. Afinal, os seus serviços cobrem as demais burocracias necessárias e auxiliam a garantir segurança nos procedimentos de reserva e pagamento. 

Quer selecionar uma plataforma para disponibilizar seu imóvel e começar a colher os ganhos das hospedagens por curta estadia? Conheça a Weekends! 

Somos uma plataforma especializada na gestão de locação de imóveis de curta duração. Oferecemos gestão profissional, divulgação customizada nas principais mídias online, estratégia de preços, assessoria e consultoria, proteção a anfitriões e suporte aos hóspedes. Quer ganhar dinheiro sem dor de cabeça? Saiba mais sobre nossos serviços!