O nome “São Sebastião” deve-se as expedições de Américo Vespúcio, que em 20 de Janeiro de 1502 batizou a terra com o nome do santo, segundo o calendário Litúrgico, já que na época, os ideais portugueses eram colonizar e difundir a fé cristã. 

Durante o período das Capitanias Hereditárias, as terras de São Sebastião foram doadas pela corte portuguesa a Pero Lopes de Souza, filho de família nobre portuguesa e quem passou a administrar a cidade. Ainda em 1530, ele partiu em missão ordenada pelo rei Dom Manuel para tomar posse e explorar as tais terras brasileiras. 

O movimento por São Sebastião se intensificou a partir de 1600, durante o período de colonização, pois sua posição geográfica e o porto natural proporcionaram possibilidades comerciais que geraram interesse de colonos e donatários. E então em 16 de março de 1636 o povoado de São Sebastião foi elevado à categoria de Vila, isto é, passou a obter emancipação político-administrativa. 

Entre 1670 e 1720, a colônia viveu uma época de intensa urbanização, pois devido a descoberta do ouro, tornou- se porto de escoação do minério. Os portugueses visando obterem ainda mais lucro, resolveram instalar engenhos de cana-de-açúcar na região. E em 1743, foi construído o engenho da Fazenda Santana, um dos raros testemunhos arquitetônicos da prosperidade econômica açucareira da vila de São Sebastião, sendo um dos primeiros erguidos no litoral da capitania de São Paulo. Um dos fatores determinantes para o sucesso dos engenhos paulistas foi a presença da mão de obra indígena, os Tupinambás ao norte da região, e os Tupiniquins ao sul separados pela praia de Boiçucanga, aliás, é por isso que a maioria das praias recebem nomes com influências indígenas, com Cambury, Ubauba, Bertioga e a própria Boiçucanga etc.

Com a escravatura indígena, a alternativa encontrada pelos portugueses foi o da cultura cafeeira, já que além de técnicas semelhantes aos da cana, o solo e clima brasileiro contribuíam para o plantio. Porém, desta vez, São Sebastião não só não obteve tanto sucesso, como ainda acabou perdendo parte de seu território para regiões vizinhas onde o cultivo estava mais bem aprimorado. 

Nessa época foram construídos inúmeros quilombos (locais onde negros que conseguiam fugir se refugiavam); alguns estão presentes até hoje e viraram comunidades quilombolas reconhecidas e protegidas pelo município, como a de Cambury.

Antes de São Sebastião se tornar a cidade de hoje, ainda passou por um período conturbado de pirataria, quando corsários holandeses, franceses e ingleses, invadiram a cidade para saquear minérios e até o extrativismo de pau brasil, nesse momento a cidade construiu um sistema de defesa com inúmeros canhões pela baía, que também se fazem presente nos dias atuais, em certas praias e portos como monumentos e artefatos históricos. 

Os caiçaras voltaram então para pesca artesanal e agricultura de subsistência que foram mantidas desde então, com destaque para banana. 

Somente após 1930 com a abertura da rodovia dos Tamoios e com acesso facilitado, é que São Sebastião voltou a ter um crescimento econômico e populacional considerável; E, após a década de 70, a melhoria da rodovia que liga São Sebastião a Santos possibilitou o surgimento de uma nova vertente: a exploração turística.  A faixa marinha e adjacências passaram a ser ocupadas por casarões de veraneio. Os caiçaras visualizaram um novo e próspero segmento econômico. Assim a cidade abriu- se para o turismo, colocando como atrativo as lembranças e memórias de seu passado ainda presente nas ruas da cidade.

Você possui um imóvel nas proximidades das praias de São Sebastião, e o aluga esporadicamente para garantir uma renda extra? Está na hora de encarar essa como uma oportunidade de negócio e começar a lucrar de forma inteligente!

Nos EUA, o mercado de aluguel de curta duração em geral já deixou de funcionar apenas uma complementação de renda para os proprietários e se tornou um negócio rentável, lucrativo e visado. Da mesma forma, esse mercado vem crescendo e se profissionalizando no Brasil.

Um imóvel próximo às praias de São Sebastião, como o seu, se encontra em um cenário extremamente favorável e alinhado a essa tendência. Afinal, se trata de uma das regiões mais propícias a se tornar palco desse investimento! Confira a seguir um aprofundamento nesses motivos que vão te permitir alavancar seus ganhos e lucrar mais.

O aluguel de curta duração é um tipo de negócio

Quando se fala em aluguel de curta duração, a prática costuma ser diretamente associada à imprevisibilidade de ganhos. Também é um desafio estabelecer um valor que valha a pena para você e, ao mesmo tempo, seja competitivo. Provavelmente são esses fatores que te fazem alugar o seu imóvel nas praias de São Sebastião apenas de forma esporádica.

Porém, se você quer ganhar mais dinheiro com esse imóvel, é preciso entender que não basta apenas aumentar a taxa de ocupação. Sabe por que? Há outros fatores a serem considerados neste tipo de modelo de negócios; inclusive, a qualidade. Este item é um atrativo mais poderoso para potenciais hóspedes e gera vantagem competitiva que você pode explorar!

Agregar valor ao seu imóvel e atrair hóspedes mais qualificados torna seu negócio muito mais lucrativo. Ambas essas características permitem que reservas por períodos menores de tempo multipliquem seu ganho mensal em comparação, por exemplo, a aluguéis de longa duração. O seu desafio, então, é pensar em uma estratégia para alcançar essa alta lucratividade.

No caso do aluguel de curta duração, é possível fazer um planejamento da variabilidade do valor do aluguel do imóvel. Projetar ganhos e despesas levando em consideração os diversos cenários, inclusive sazonalidade. Com isso, você garante que, mesmo com um menor número de reservas, seja possível cobrar diárias mais altas e até evitar gastos frequentes com manutenção.

A demanda para aluguel de curta duração é crescente

A melhor forma de agregar valor a um imóvel estabelecido para aluguel de curta duração é entender o ponto de vista dos viajantes que se hospedarão ali. Então, é imprescindível refletir sobre o perfil deste público e sobre as tendências desse mercado.

A forma como as pessoas buscam opções de lugares para ficar (e a maneira como encaram esses lugares) foi modificada por fatores como a tecnologia e as redes sociais. Atualmente, é simples e rápido fazer uma reserva, tanto quanto é simples e rápido publicar uma foto em uma mídia social. É essa realidade que os seus hóspedes estão vivenciando.

Além disso, é uma tendência atual os viajantes se afastarem da idéia do turismo convencional. O hóspede busca um lugar que possa ser a sua nova casa por alguns dias. Da mesma maneira, pretende vivenciar aqueles dias como um morador, fazendo aquilo que nativos fariam, realizando atividades locais e autênticas. Atividades e clichês turísticos continuam sendo válidos e valiosos, mas com um apelo menor; eles já não funcionam mais sozinhos para atrair o público.

As pessoas estão buscando criar uma proximidade mais aprofundada e verdadeira com os lugares que visitam; e querem compartilhar cada momento e experiência com os seu seguidores online.

É, inclusive, por conta desse novo perfil de viajantes e hóspedes que, ao invés de optarem por hotéis e pousadas, esses desbravadores se hospedam cada vez mais nas casas de nativos, por meio de aplicativos, como Airbnb e Booking.

Sendo assim, tenha em mente que toda essa configuração é, basicamente, a alma do aluguel de curta duração. Você diria que o seu imóvel hoje pode proporcionar essa experiência para seus hóspedes?

Seu imóvel deve ser melhor aproveitado

Antes de pensar que todo esse aspecto subjetivo pode ser ignorado, e que basta oferecer o mínimo, lembre-se: seu objetivo é lucrar, evoluir a sua renda. O documentário Stay Here (“Reforme na baixa, fature na alta”, em português), disponibilizado na plataforma de streaming Netflix, é uma fonte rica para obter insights de acordo com esse mindset.

O reality show mostra história reais de pessoas que tiveram seus imóveis reformados com o intuito de fornecer experiências memoráveis para seus clientes. Para isso, os proprietários contam com o trabalho especializado de Genevieve Gorder, renomada designer de interiores, e Peter Lorimer, experiente especialista no mercado imobiliário.

Após conhecer a história dos locadores, uma das primeiras perguntas que feitas a eles é: o quanto você quer ganhar com este imóvel? A partir da definição deste objetivo, os profissionais são capazes de:

  • estabelecer uma meta mensal e anual;
  • fazer um comparativo com os concorrentes principais do imóvel;
  • estabelecer o nicho que a nova estética a ser aplicada no imóvel deve atender.

A partir daí, é possível investir em uma reforma certeira para conquistar as pessoas com um novo valor agregado, e uma nova estratégia de marketing. Ambos, aliados, provam ser completamente capazes de alcançar os objetivos financeiros dos proprietários na prática.

Ou seja, esse é o grande motivo que faz a experiência do usuário ser tão significativa para o seu lucro. É o sucesso dessa estratégia que vai garantir a estabilidade do seu negócio de aluguel de curta duração. Você deve dar bons motivos para o hóspede optar por alugar seu imóvel, ao invés de reservar uma pousada, por exemplo.

As praias de São Sebastião são muito visadas

São Sebastião consiste em mais de 65 km do litoral norte de São Paulo. Composto por 33 praias, o município já oferece uma enorme variedade de atrações locais e naturais que atendem diversos perfis de viajantes. São poucas localidades nacionais que oferecem tanta diversidade de lazer, gastronomia, esporte e cultura em geral.

Outro aspecto que atrai bastante os forasteiros para as praias de São Sebastião são os diversos eventos esportivos que ocorrem no município ao longo do ano. Além disso, as datas comemorativas também promovem um grande movimento. Da mesma forma, diferentes perfis de pessoas dão preferência para visitar a região fora de temporada.

Somado a isso, as praias de São Sebastião (SP) serão ainda mais visadas graças a aprovação de um projeto que pretende construir um  home port e marina público na cidade. Com isso, o município recebeu até mesmo uma condecoração do MTur (Ministério do Turismo), o Selo +Turismo.

Todos esses indicadores confirmam o fato de que a atividade turística será cada vez mais incentivada e favorecida na região. Agora que você está ciente do enorme potencial que o seu imóvel localizado nas praias de São Sebastião possui, que tal se planejar para repaginá-lo e lucrar mais?

Coloque seu negócio em movimento e conte com uma maior tranquilidade na gestão dos aspectos operacionais que este ramo requer. Confira esse artigo e saiba como ganhar mais com aluguel por temporada!

Planejar uma viagem é um dos momentos mais prazerosos para um viajante. Aquela expectativa de sair da rotina e conhecer um lugar novo dá até borboletas no estômago, não é mesmo? Principalmente se você é daqueles que gostam, por exemplo, de conhecer a rotina de quem reside na região e experimentar as delícias da culinária local. Ou seja, se desligar de verdade e pular de cabeça em uma nova experiência!Para conseguir vivenciar cada detalhe como você sonhou, é preciso ficar ligado. Planejamento e preparação são as palavras de ordem para fazer tudo isso acontecer e, ao mesmo tempo, aproveitar os seus recursos financeiros da melhor forma possível. Vale a pena definir cada detalhe e ir atrás de informação. Por exemplo, tirar suas dúvidas sobre a acomodação, sobre o local de destino e sua região, etc.Pensando nisso, separamos algumas dicas incríveis que vão ajudar a tornar a sua viagem mais bem planejada. Confira! 

1. Faça um planejamento antecipado da viagem

Se tem uma coisa que faz muita diferença na hora de planejar uma viagem, é começar bem antes da época em que você quer viajar. Parece uma dica trivial, mas, seja sincero, você realmente faz seu planejamento com antecedência? 

Pensar sobre o destino da viagem com tempo hábil para decidir te traz inúmeros benefícios! Por exemplo, você consegue pesquisar com mais calma e encontrar um lugar que realmente tem a ver com o seu gosto e seu estilo. Com certeza, isso é muito melhor do que apenas seguir o fluxo e aceitar a sugestão de outras pessoas. 

Depois de definir o destino, é o momento de colocar na ponta do lápis quanta grana você tem disponível. Determine quanto você pode ou está disposto a gastar com cada item que faz parte da viagem. Também é super importante determinar uma média de gasto diário, para ter certeza que não vai ultrapassar o que foi estabelecido no planejamento. 

2. Procure plataformas especializadas em aluguel de temporada

Na hora de fazer o planejamento de viagem, há muitas coisas para levar em consideração! Uma das principais é definir o tipo de acomodação em que você pretende se hospedar. A nossa principal dica, quanto se trata disso, é buscar um lugar especial. Afinal, por mais que o propósito de uma viagem seja curtir o que a região tem de bom para oferecer, é incrível voltar para a “sua casa” (ou quarto de hotel!) e encontrar um ambiente confortável, acolhedor, em que você se sinta bem para descansar e confraternizar com quem está te acompanhando.

Ah, por falar nesse assunto, se você for convidar amigos ou familiares para embarcarem na jornada com você, pode ser interessante optar por um imóvel de aluguel por temporada. Porém, não é apenas nessa ocasiões em que vale a pena se hospedar num imóvel alugado. Existe uma grande diversidade de plataformas de aluguel de imóveis atualmente. Na hora de procurar um cantinho para chamar de seu apenas por uma curta estadia, vale a pena conferir plataformas especializadas em aluguel de temporada. 

Sabe por que? Essas plataformas oferecem acomodações mais customizadas. Elas têm opções para todos os tamanhos de grupos de viajantes, e possibilitam um melhor custo x benefício. Mais do que um local para pernoitar e descansar, esse tipo de imóvel é pensado para cumprir o propósito de ser útil para turistas, nômades digitais e outros perfis de viajantes. Então, geralmente, têm localização privilegiada, são próximos à praias, supermercados, restaurantes, farmácias e comércio em geral. Além disso, oferecem outras amenidades (serviço de praia, design customizado, etc). 

3. Tire todas as suas dúvidas sobre a acomodação

Encontrou a acomodação que, aparentemente, parece perfeita e já está confabulando os próximos passos com a sua turma? Temos mais uma super dica para você garantir que todo mundo vai ficar satisfeito! 

Sabe quando você vê as fotos de um imóvel e tem dificuldade de entender dimensões de um cômodo, o tamanho de alguma mobília, etc? Ao escolher um imóvel para alugar, é super normal aparecerem essas dúvidas. Então, se, na hora de fechar, você ainda está com uma ou outra pulga atrás da orelha, faça questão de esclarecer tudo. Não tenha medo de confirmar quantas camas e colchonetes tem disponíveis, quantos banheiros com chuveiro, etc. Tudo pode fazer a diferença na sua experiência!

Vale a pena citar, inclusive, uma outra dica relacionada à  anterior. Fechar com um anfitrião que faz a gestão profissional do aluguel de curta duração é uma forma de garantir um melhor atendimento antes, durante e após a estadia. Você pode tanto tirar essas dúvidas sobre detalhes da acomodação, quanto ser rapidamente atendido diante de qualquer eventualidade, o que é indispensável, certo?

4. Pesquise tudo sobre o local de destino

Você já fez algumas viagens e já tem o hábito de procurar saber quais os pontos turísticos, passeios e restaurantes do seu destino que são indispensáveis conferir? Esse é um hábito bastante natural e, claro, faz com que algumas das principais experiências a serem vividas na viagem fiquem no topo do checklist.

Porém, mais do que apenas saber o que é mais famoso no local, ou onde todo turista precisa ir, existem diversas outras questões para levar em consideração. Existem experiências tidas como “obrigatórias” mas, bom mesmo é encontrar programas que realmente tenham a sua cara. Então, fuja do óbvio!

Outra coisa a que você deve se atentar é que, por mais que viajar seja incrível, é praticamente certeiro que vá acontecer algum tipo de imprevistos. Por exemplo, algum trecho da viagem vai ser feito de carro? Procure se familiarizar com os postos de gasolina, pode ter algum no caminho que é mais indicado por outros viajantes, por exemplo. 

Quando você chegar no destino, é bom saber os meio de transporte disponíveis também. Não é legal ficar “na mão” por contar com um transporte público sem saber os horários de funcionamento, ou até mesmo com aplicativos de transporte e carona, sem ter certeza de que eles funcionam bem e com preço justo.

Além disso, ao longo dos dias de viagem, vale lembrar que você vai ter contato com ambientes e temperos muito diferentes do que o seu corpo está acostumado. Portanto, procure conveniência nas redondezas de onde você vai se hospedar. Por exemplo, farmácias, bem como agências de banco, caixa eletrônico, supermercados, etc., para demais emergências.

Essas foram as nossas dicas para que você consiga ter uma experiência incrível, do jeito que você sonhou! Essa é a nossa forma de colaborar para que todo o seu esforço no momento do planejamento da viagem contribuam para que você foque apenas em curtir a experiência e relaxar de verdade.

Já está pensando no seu próximo destino? Curte conhecer praias diferenciadas no litoral brasileiro? Então você precisa conhecer a Weekends! Somos uma plataforma especializada na locação de imóveis de curta duração. Em nossa plataforma, disponibilizamos apenas acomodações selecionadas. Se você também gosta de se hospedar em um lugar lindo, planejado, aconchegante, bem equipado e bem localizado conheça agora mesmo as acomodações da Weekends!

Conheça agora mesmo as práticas dos corretores especializados na gestão dos aluguéis por temporada que otimizam marketing, preços, lucros e operações!

A gestão de aluguéis por temporada pode ser um desafio para o proprietário que possui mais de um imóvel, ou que tem espírito empreendedor e precisa dar atenção a seus outros investimentos. Este é o seu caso? Então está na hora de pensar estrategicamente para lucrar mais e ter menos dor de cabeça!

Terceirizar a gestão dos aluguéis por temporada é uma ótima ideia para quem tem uma rotina agitada. Contar com um corretor especializado nesse mercado é uma garantia ainda maior de que seus imóveis estarão nas melhores condições para atrair, receber e cativar hóspedes constantemente. E, principalmente, para gerar oportunidades vantajosas de fechar novas reservas.

Quer entender como um administrador profissional especializado em gestão dos aluguéis por temporada vai te proporcionar essa tranquilidade? Confira a seguir as principais razões pelas quais vale a pena apostar nessa solução!

1. Garantir um marketing profissionalizado

Para ter sucesso e lucrar mais com seus imóveis de aluguel de curta estadia não basta apenas disponibilizá-los em plataformas online. Um imóvel com essa finalidade deve ser encarado como um negócio individual e sua divulgação deve ser baseada em uma estrutura que leve em conta:

  • • imóveis concorrentes nas redondezas;
  • • preço cobrado;
  • • diferenciais competitivos;
  • • público alvo visado.

Por exemplo, um imóvel com uma estrutura mais habitual, localizado na orla de uma praia popular e badalada, possui uma alta concorrência e visa um público de classe média. Já um imóvel situado em uma localidade litorânea mais exclusiva, com estrutura altamente equipada e design diferenciado, atrai perfis com maior poder aquisitivo, oferece menor concorrência e alto valor agregado.

Terceirizar a gestão dos aluguéis por temporada é contar com profissionais capacitados para diagnosticar o perfil e esses aspectos chave dos seus imóveis. Com essa expertise somada a uma divulgação baseada em estratégias de marketing modernas e ferramentas atualizadas, você capacita seus imóveis para serem encontrados pelo público certo e gerar mais oportunidades de reservas.

2. Possuir uma estratégia refinada de preços

O posicionamento estratégico do seu imóvel, que é definido nos processo de marketing, é um dos fatores que vai influenciar a sua estratégia de preços. Afinal, um imóvel com design personalizado, com localização privilegiada e que oferece experiências customizadas para os seus hóspedes pode se apresentar e transmitir um estilo único que vai valorizá-lo. Ou seja, sua singularidade vai permitir que os preços possam ser cobrados sempre levando em conta esse valor agregado.

Outro aspecto que influencia a estratégia de preços é o próprio uso dos espaços do imóvel. Quanto mais hóspedes uma casa consegue receber por reserva (sem reduzir seu conforto), mais valorizado pode ser o preço. Afinal, um maior número de hóspede tem mais disponibilidade financeira para dividir o valor entre si.

Por fim, outro ponto muito importante, que é gerenciado ao terceirizar a gestão dos aluguéis por temporada, é a análise de mercado. Contar com um profissional que vai entender a proposta do seu imóvel, aproveitar a capacidade dele e determinar preços que fluam em paralelo com as dinâmicas do mercado de temporada é a receita certeira para surfar na crista da onda.

3. Aumentar a taxa de ocupação e a lucratividade

É normal acreditar que, para ganhar mais dinheiro com seus imóveis é preciso aumentar a frequência das reservas, certo? Porém, vale lembrar que, antes de aumentar a taxa de ocupação, agregar valor ao imóvel, como visto, e estabelecer uma estratégia de preços é indispensável para garantir reservas financeiramente mais vantajosas.

Tendo isso em mente, aí sim você pode pensar em aumentar a sua taxa de ocupação. Como você conferiu no início desse conteúdo, o marketing profissionalizado é seu maior aliado no momento de atrair hóspedes que sejam do seu interesse. Ou seja, pessoas qualificadas para reconhecer o valor agregado do imóvel e com disponibilidade financeira para fechar uma reserva. A forma como o seu imóvel é descrito, apresentado e exaltado, desde que feita com transparência, faz toda a diferença nesse momento. Mas, mais do que atrair novos clientes, o que mais pode alavancar sua taxa de ocupação?

A fidelização dos hóspedes! Cativar e encantar essas pessoas é uma forma de criar uma cartela de depoimentos que vai respaldar todas aquelas informações que são compartilhadas no perfil do imóvel. Os seus hóspedes vão querer voltar para aproveitar a acomodação em outras oportunidades, vão indicar para os amigos, colegas e familiares e, principalmente, vão influenciar potenciais clientes a formarem uma primeira impressão incrível. Nada conta mais na formação de opinião de um consumidor do que a impressão de outro consumidor.

4. Assegurar um atendimento completo

Se você tem mais de um imóvel que aluga por temporada e não consegue conciliar as necessidades da casa e dos hóspedes com sua rotina, terceirizar a gestão dos aluguéis por temporada é uma forma de solucionar essa logística! O que pode ser mais vantajoso do que aumentar a sua lucratividade sem essa dor de cabeça?

O gerenciamento e o contato com potenciais hóspedes fica na responsabilidade do corretor. Além disso, é ele quem administra a estadia dos hóspedes. Ele garante que as pessoas serão bem recebidas e terão todo o suporte necessário ao longo da estadia.

Mas não é só o hóspede que recebe esse atendimento completo, você e o seu imóvel também! O administrador tem a responsabilidade de zelar pela sua propriedade, garantir que as regras da casa sejam aceitas e respeitadas pelos hóspedes, e te dá total suporte perante a qualquer eventualidade ou problema.

E agora, será que ainda restam dúvidas de que terceirizar a gestão dos aluguéis por temporada é a melhor saída para você? Ao selecionar um administrador para os seus imóveis, lembre-se de contar com profissionais que ofereçam essa multidisciplinaridade e alto nível de transparência!

A Weekends é uma plataforma especializada na locação de imóveis de curta duração. Oferecemos todos esses serviços citados, assessoria e consultoria especializada e outros benefícios imperdíveis. Saiba mais sobre nossos serviços!

Seu imóvel pode ser muito mais que uma fonte de renda extra. Conheça os segredos que te permitem ganhar mais com aluguel por temporada e transforme-o em um negócio lucrativo!

Ser proprietário de um imóvel com foco em aluguel de curta duração é uma oportunidade muito boa de lucrar e se estabilizar. Se você souber aproveitar, e principalmente, criar vantagens e diferenciais, sua acomodação pode se tornar uma fonte de renda altamente lucrativa. Quer ganhar mais com aluguel por temporada? A partir de agora, encare-o como um modelo de negócio e como um verdadeiro empreendimento.

Para ter sucesso nessa empreitada, você deve tomar a postura de um gerente de um pequeno hotel. Pense em formas de humanizar o seu negócio para agregar valor à acomodação, aumentar a taxa de ocupação e, principalmente, garantir um lucro mais estável. Se dedique a tornar essa acomodação o sonho de consumo de qualquer hóspede.

Essa não é uma tarefa simples de se realizar, mesmo que você já tenha alguma experiência como anfitrião. Então, confira a seguir algumas dicas de ouro que vão ser indispensáveis para alinhar seu negócio e gerar resultados!

1. Garanta que a acomodação seja customizada

O primeiro aspecto que faz um hóspede despertar interesse por uma acomodação é o conforto que ela pode proporcionar. Mas conforto, por sí só, não é um diferencial, e sim algo básico. Então, é importante tornar o design do ambiente não apenas funcional, mas esteticamente encantador. É isso que te possibilitará agregar valor e ganhar mais com aluguel por temporada.

É uma boa ideia contar o auxílio de um profissional especialista em design de interiores e buscar um conceito especial e único para ser seguido. Desta forma, cada cômodo da casa vai colaborar para manter esse conceito integrado, unificado e atraente.

A decoração deve ser aconchegante, capaz de fazer com que os hóspedes se sintam em um lar, um refúgio onde irão morar por alguns dias. Então, aposte em utensílios que tornem a casa bem equipada e que conversem com o estilo estabelecido para ela.

2. Dê um nome para o seu negócio

Se você já deu um estilo próprio para o seu imóvel e o tornou inigualável, ele merece um nome que demonstre essa personalidade. Na web série da Netflix, chamada “Reforme na baixa, fature na alta” (ou Stay here, no original), uma expert em design e decoração, em conjunto com um especialista em marketing, utilizam bastante essa estratégia.

As acomodações modificadas por eles recebem nomes que remetem, por exemplo, a:

  • objetos de decoração que se tornaram um ícone da casa;
  • estilo de arquitetura do imóvel;
  • cultura da região;
  • tipo de evento que o imóvel costuma receber.

Assista essa série e se inspire! Essa escolha te ajuda a ganhar mais com aluguel por temporada porque, ao dar um nome para a acomodação, você a humaniza, a aproxima de quem se interessa por ela. Além disso, o nome torna o seu imóvel algo que é conhecido e desejado de forma mais específica. Você pode até mesmo criar hashtags com o nome da casa para usar nas redes sociais. Assim, sua casa conquista um lugar VIP nos desejos dos viajantes.

3. Invista em fotos profissionais

Quando uma pessoa está buscando um imóvel para alugar, ao ver as fotos de um lugar pelo qual se interessou, ela se imagina naquele ambiente, não é mesmo? Mas, quem iria ter interesse e se sentir atraído por um ambiente se as fotos que o apresentam não são bem feitas?

Por isso, se a acomodação está impecável e já tem um nome para chamar de seu, é hora de investir em fotografia de qualidade. Esse profissional vai ser capaz de demonstrar, ao máximo, todos detalhes e regalias que a casa tem para oferecer, e encher os olhos dos potenciais hóspedes com boas expectativas.

Esse material faz toda a diferença na divulgação do seu imóvel e na conquista da mais reservas. Ou seja, é mais um segredo que te permite ganhar mais com aluguel por temporada.

4. Faça um anúncio que exalte o imóvel

Todo o seu esforço e empenho em refinar a apresentação do seu imóvel precisa ser divulgado, não é mesmo? As fotos já fazem uma boa parte desse trabalho, mas existem detalhes que somente um texto bem produzido é capaz de apresentar.

Para ganhar mais com aluguel por temporada, ao redigir a descrição do anúncio, exalte o imóvel:

  • introduza apresentando o conceito do imóvel e as experiências que ele pode proporcionar;
  • aponte todos os detalhes e utensílios que ele possui;
  • cite os serviços inclusos;
  • ressalte os diferenciais (por exemplo, ar condicionado nos quartos, banheira de hidromassagem, piscina aquecida);
  • fale sobre as conveniências e comércios que podem ser acessados com facilidade na região.

Essa estratégia é uma forma de incrementar e agregar ainda mais valor ao seu imóvel antes mesmo de os hóspedes estarem, de fato, presentes nele.

5. Ofereça um atendimento excepcional

Depois de encantar e fisgar os hóspedes, é hora de operacionalizar e gerenciar as reservas, certo? Seja o anfitrião que você gostaria de ter! Vá além do convencional e aposte em amenidades que vão fazer os hóspedes sentirem que o valor pago foi investido de forma certeira, excedendo as expectativas. Isso é, inclusive, uma forma de garantir que eles voltem a alugar o imóvel no futuro, e ainda o indiquem para amigos e familiares.

A série da Netflix que foi citada pode, novamente, ser uma ótima fonte de inspiração para essa etapa. Veja algumas dicas que você vai encontrar lá:

  • componha um kit de boas vindas, por exemplo, com guloseimas personalizadas com o nome do seu negócio e um manual da casa;
  • na cozinha, disponibilize garrafas de água, ou uma garrafa de vinho, para transmitir a sensação de que a acomodação esteve esperando pelo recém chegado com tudo o que ele precisa;
  • nos quartos, posicione em cima da cama um kit de banho com toalhas e amostras personalizadas de produtos de higiene para que os hóspedes não precisem perambular para procurá-los;
  • forneça ou se torne um guia para apresentar aos forasteiros as experiências e vivência locais e garantir uma experiência completa e memorável;
  • busque parceria com outros empreendimentos que se alinhem à sua proposta e indique-os como opção de lazer.

Depois de adquirir essa experiências singular com o seu atendimento, sem dúvidas os viajantes farão boas avaliações na plataforma por onde o imóvel foi alugado. Esse respaldo é uma parte essencial da divulgação do seu imóvel, e vai te permitir ganhar mais com aluguel por temporada.

Agora que você sabe como ganhar mais com aluguel por temporada, coloque essas dicas valiosa em prática. Em pouco tempo você terá transformado seu imóvel em uma fonte de renda altamente lucrativa.

Quer investir nessas ideias mas não tem disponibilidade de tempo para fazer a gestão da acomodação e das reservas? A Weekends é uma plataforma especializada na locação de imóveis de curta duração. Gerenciamos e operacionalizamos todos os aspectos do seu imóvel te proporcionando ganhos sem dor de cabeça. Saiba mais sobre nossos serviços!

Conheça 4 destinos imperdíveis e veja dicas para quem quer aproveitar o melhor da beleza natural litorânea nacional com exclusividade, luxo e conforto.

Você ama viajar, mas gosta mesmo é sempre conhecer lugares novos, com uma energia completamente diferente da sua cidade e da sua rotina? O litoral é sempre a primeira opção dos brasileiros e, que sorte a nossa! Temos um litoral vasto, rico, cheio de praias com os mais diferentes tipos de arquitetura, vegetação, cultura e gastronomia.

Hoje, você vai conhecer 4 praias do litoral brasileiro que tem algo de especial para te oferecer. São destinos com estilos diferentes, então, fique ligado a seguir e aproveite para descobrir qual mais tem a ver com você!

Praia de Geribá – Búzios (RJ)

Sobre o destino

O balneário de Búzios fica na Região dos Lagos do Rio de Janeiro; uma de suas praias mais famosas dentre as 22 que compõem a península é a praia de Geribá. Ela possui 2 km de extensão e é uma das mais frequentadas da região por turistas do mundo inteiro. Bem localizada, fica há apenas 5 minutos de carro do centro de Búzios.

Na praia de Geribá, o mar é um pouco agitado e ótimo para quem gosta de praticar surf. Há ondas quebrando em toda a sua extensão. É uma praia de areia fina, branca, cercada por rochas e cheia de casas de veraneio bem posicionadas entre essas pedras. A orla oferece diversas opções de acomodação e gastronomia.

É uma região completa, com todas as conveniências, amenidades e experiências indispensáveis em uma viagem para o litoral. Se você quer, ao mesmo tempo, sofisticação e simplicidade, este é o seu lugar!

Quando ir

Como a praia de Geribá é famosa, é uma boa ideia evitar visitá-la em feriados. O trânsito na Região dos Lagos pode ficar carregado, sem falar no acúmulo de turistas por todas parte. Também é uma boa ideia evitar as sextas-feiras e sábados, quando o público jovem mais aparece por lá.

As melhores épocas do ano para ir e aproveitar com exclusividade são entre abril e maio, ou entre setembro e outubro. Nesses períodos, chove menos do que durante o alto verão e o clima ainda se mantém quente o suficiente para curtir a praia.

Praia de Maresias –  São Sebastião (SP)

Sobre o destino

Com certeza você já ouviu falar da praia de Maresias, localizada em São Sebastião, no Litoral Norte de São Paulo, certo? Esse é outro destino muito visado por jovens, famílias, famosos e turistas do mundo todo. É uma praia de areia e águas claras com 5km de extensão.

O mar é um pouco agitado, e sua grande vantagem é que a faixa de areia da praia é mais tranquila. Há sempre espaço de sobra para se acomodar e curtir a vibe litorânea. Os surfistas também adoram praticar o esporte por lá e a praia, inclusive, já sediou campeonatos. Também não faltam opções para quem realmente quer entrar no ritmo local: trilhas, rapel, mergulho com snorkel, passeio no mirante.

O acesso à praia se dá por entradas com portais de madeira e há 22 pontos como este ao longo da orla. Por se tratar de um ponto turístico de destaque, a região se desenvolveu bastante e possui uma estrutura comercial sensacional para te receber. 

Quando ir

Para planejar sua ida à Maresias é preciso saber que a região de São Sebastião fica bastante próxima da Serra do Mar, o que atrai chuvas ao longo de todo o ano. Porém, isso não impede a praia de receber dias lindos de sol, principalmente no verão. Quando o tempo fechar por lá é um motivo de alegria, porque trás até mesmo mais frescor. 

Mas, fique ligado! Como sempre, a alta temporada e feriados, principalmente o Carnaval, tornam a região mais disputada por turistas. Se você quiser evitar aglomerações, trânsito e dor de cabeça e ainda aproveitar um pouco do movimento noturno local, a dica é visitar Maresias nos finais de semana mais comuns.

Para quem curte a calmaria, o ideal é visitá-la em baixa temporada. O clima fica um pouquinho mais frio, mas também menos chuvoso, o que provoca um equilíbrio ideal e pode deixar a praia ainda mais agradável. Nossa dica é se planejar para ir à Maresias na primavera, a partir de Setembro.

Praia de Camburi –  São Sebastião (SP)

Sobre o destino

A praia de Camburi, por vezes também chamada de Cambury, se trata de mais um pedacinho de paraíso situado em São Sebastião, no Litoral Norte de São Paulo. Fica há 10 km de Maresias e tem uma característica ímpar: a presença do Rio Camburi. 

A água doce do rio é o que faz a divisa natural entre a praia de Camburi e Camburizinho, e é possível atravessar de uma para a outra a pé, passando por dentro do rio. Há ainda uma península com uma pequena ilha. Ambas as praias têm areia clara, fina e solta. Em Camburi, a agitação do mar varia e é possível dar vários mergulhos quando ele se encontra mais calmo. Já em Camburizinho a calmaria das águas é sempre garantida. Passeando por ali, você também encontra os surfistas que frequentam a praia, principalmente no outono e no inverno.

Se você curte passar as férias em regiões mais rústicas, Camburi é o lugar certo. É um bairro pequeno, cercado pela natureza e com algumas ruas de terra. Porém, a rua principal é recheada de restaurantes, bistrôs, docerias, cafés, sorveterias e muito mais! Ainda dá para se divertir praticando outras atividades como fazer trilhas e conhecer as outras praias vizinhas.

Quando ir

Aqui, valem as mesmas dicas que citamos para a praia de Maresias. Evite a alta temporada se quiser fugir das prováveis chuvas, e do movimento mais carregado na região. Aproveite o período da primavera para ter a praia mais tranquila.

Praia do Campeche – Floripa (SC)

Sobre o destino

A praia do Campeche é uma praia oceânica que fica em Florianópolis, no sul da ilha de Santa Catarina. É grande, com 11,5 km, tem uma faixa larga de areia branca e água cristalina. Como é de se esperar, o mar de lá tem águas mais frias e ondas fortes. Por isso, a praia oferece as condições ideais para quem adora praticar surf, o que a tornou famosa e faz com que atraia surfistas de diversas origens. 

Essa amostra de paraíso não é uma praia que costuma ficar muito cheia, nem com turistas, nem com ambulantes. É inclusive, muito elogiada por sua conservação e limpeza. Ainda assim, não é totalmente isolada e tem ótima estrutura para receber os turistas. 

Um dos principais destaques da Praia do Campeche é que, em seus arredores, existem uma área de 121 hectares de dunas que foram tombadas como Patrimônio Natural e Paisagístico do município. A vegetação que envolve a praia é preservada por lei municipal. Além disso, exatamente em frente a praia, fica a ilha do Campeche, que possui um patrimônio arqueológico que pode ser acessado por trilhas. Para quem curte esse tipo de passeio, é uma dica incrível!

Quando ir

A principal dica para visitar a Praia do Campeche é fugir das principais datas da alta temporada e do pico do verão, que é quando os turistas mais comentam dos fortes ventos que atingem a orla. 

Gostou dessas dicas e já se apaixonou por um dos destinos? Não perca tempo e já comece a planejar sua viagem! Como você percebeu, uma das maiores dicas de viagem para quem gosta de sossego, tranquilidade e exclusividade, é sempre fugir da alta temporada. 

Quer planejar o roteiro de viagem e levar cada detalhe em conta? Confira esse blog post com dicas para quem ama viajar na baixa temporada!

Você já possui imóveis que aluga por contrato mensal, ou pretende investir em locação de imóveis como uma fonte de renda? Saiba que vale a pena considerar o aluguel de curta estadia se quiser empreender nesse ramo e ganhar mais! 

Diversas tendências vieram influenciando consumidores e viajantes. As formas de trabalho já não são mais tão engessadas e fazem com que profissionais de diversos tipos tenham maior liberdade para viajar. Além disso, os próprios turistas também buscam períodos do ano e destinos mais diversos ao planejarem as suas férias. Estes e outros fatores vem tornando o aluguel por curta estadia um ramo altamente lucrativo.

Entenda a seguir os motivos que tornam esse modelo mais rentável. Saiba também ao que se atentar no momento de investir nesta oportunidade e entenda como a economia pode colaborar para que você adquira imóveis para este fim de maneira mais vantajosa.

O aluguel por temporada se tornou mais lucrativo

O aluguel por temporada já existia no Brasil e, até alguns anos, era caracterizado por grupos de hóspedes que tinham a intenção de passar apenas alguns dias em um imóvel no litoral, principalmente em épocas de alta temporada. Ou seja, nas férias escolares e feriados, as principais cidades litorâneas, com as praias mais famosas, recebiam esses turistas.

Porém, com o boom das iniciativas de economia colaborativa, somadas às inovações tecnológicas, algo mudou nesse contexto. O surgimento de negócios como o Airbnb, que são baseados em uma colaboração em que todos saem ganhando, fez com que o aluguel por temporada se transformasse em aluguel por curtas estadias, em qualquer época do ano. Hóspedes passaram a apostar na locação temporária para os mais diversos fins. 

Nesse modelo, enquanto os hóspedes gastam menos, os proprietários que alugam por curta estadia conseguem ter maior retorno financeiro. De acordo com matéria da Exame sobre locação de curta temporada, atualmente, esse mercado “já movimenta R$ 5,6 bilhões, e uma unidade chega a faturar R$ 250 mil por ano”. 

Como anfitrião, a ideia é que você invista em conseguir mais inquilinos temporários e ajuste os preços de acordo com a época do ano para tornar o seu imóvel em um negócio lucrativo. A matéria citada aponta que “um anfitrião (de imóvel para curtas locações) chega a lucrar 40% mais do que em aluguel tradicional”. É seu desejo ganhar mais com aluguel de imóveis? Fique atento às informações a seguir para saber como criar mais oportunidades.

O aluguel de curta estadia é válido inclusive além do litoral

Outra mudança comportamental que vem impactando o mercado de aluguel por temporada são as inovações nas formas de trabalho. Atualmente, são muitos os profissionais que precisam fazer viagens a trabalho. Executivos, por exemplo, fazem viagens para realizar ou participar de eventos empresariais, workshops e aproveitam para fazer networking.

Além disso, há ainda aquelas pessoas que viajam para outras localidades e trabalham remotamente. Há até mesmo uma categoria específica de viajantes que trabalham exclusivamente desta maneira: os nômades digitais. Esse tipo de viajante consiste em um desbravador, que busca conhecer diversos cantos do seu e de outros países enquanto trabalha à distância. É, de fato, um estilo de vida baseado ter muita disposição e uma boa conexão com à internet.

Além dessa tendência de inovação nas formas de trabalho, há ainda um segmento de turistas que preferem viajar fora de temporada. Ou seja, no final das contas, são diversos tipos de público-alvo com alta demanda e, uma vez que você encara o seu imóvel como um empreendimento a ser gerido, pode focar em um ou mais destes nichos para alavancar seus ganhos.

Perceba que, nesse contexto, não são apenas as cidades litorâneas com praias famosas se configuram como um destino de interesse dos viajantes. Cidades que oferecem outras opções de turismo, ou capitais e grandes centros urbanos que atraem profissionais e empresários, também são ótimas apostas.

A economia está favorável ao investimento em imóveis

Em Outubro de 2019 o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central baixou a taxa SELIC de 5,5% para 5%. Um artigo do Nubank sobre a taxa SELIC comenta que essa “é uma das ferramentas  que o BC usa para controlar a inflação e aproximá-la da meta anual”. As consequências dessa redução são a desaceleração da economia e um estímulo ao consumo.

Ou seja, as instituições financeiras, que acompanham essa baixa, reduzem taxas de juros sobre empréstimos. Aos olhos de investidores, por exemplo, passa a ser mais interessante movimentar seu dinheiro, uma vez que os investimentos em títulos do Tesouro Direto, CDBs e outros investimentos em Renda Fixa, que se relacionam com a SELIC, passam a render menos.

Sendo assim, esse é um ótimo momento para financiar um imóvel e gerí-lo como um empreendimento de aluguel por curta estadia. A locação do imóvel, que, como visto, é bastante lucrativa, se torna a fonte pagadora do imóvel e, ao mesmo tempo, oferece bom retorno financeiro ao proprietário. 

Agora que você conferiu essas informações, vale a pena começar a buscar regiões em que você pode adquirir imóveis diferenciados para locar por curta estadia. Neste momento de pesquisa, é necessário levar em conta alguns outros fatores, além dos que você já consideraria ao buscar um imóvel no geral. 

Como visto, a ampla gama de lugares para selecionar. Vale lembrar que o litoral é, ainda um dos mais buscados por turistas e ainda pode atender a outros perfis de viajantes, como nômades digitais ou outros profissionais com propósitos diversos. 

A nossa dica de ouro é conhecer um pouco mais sobre o litoral norte de São Paulo. O município de São Sebastião consiste em mais 65 km desta região e é composto por 33 praias. Confira agora mesmo alguns motivos para investir em aluguel de curta duração em São Sebastião!

Possui um imóvel diferenciado em localização privilegiada? Conheça as vantagens de alugar por temporada e comece a ganhar mais dinheiro com esse modelo de negócio!

No Brasil, alugar um imóvel por períodos curtos costumava ser uma prática mais realizada em regiões litorâneas e no verão ou feriados prolongados, não é mesmo? Porém, no exterior, esse tipo de prática já ocorria de maneiras diferentes e as vantagens de alugar por temporada se mostraram cada vez mais lucrativas.

Em geral, a busca por aluguel para curta estadia no Brasil sempre se concentrou em destinos mais inóspitos, refúgios, em locais que proporcionam uma experiência diferenciada e exclusiva ou quando não havia outras opções. Nas localidades mais conhecidas e turísticas, a hospedagem tradicional – em hotéis, flats, hostels e pousadas – sempre foi mais requisitada. Agora, isso começa a mudar!  Assim já ocorria em outros países, hóspedes brasileiros estão buscando aluguéis de curta duração no Brasil por diversos motivos: viagens a trabalho, a estudo, para curtir com os amigos e conhecer novas pessoas e culturas.

Com isso, essa nova tática de aluguel de imóveis está crescendo e se estabelecendo como um modelo de negócio lucrativo. Principalmente, está proporcionando mais oportunidades para que proprietários como você possam gerar renda com aluguéis de curta duração.

Você já investiu e conquistou um imóvel que se enquadra nesse perfil? É proprietário, por exemplo, de uma casa de praia bem conceituada? Conheça a seguir as principais vantagens de alugar por temporada e transforme esse imóvel singular em uma fonte de renda lucrativa!

Liberdade para alugar quando quiser

Sem dúvidas, você valoriza muito o imóvel que conquistou com seus investimentos, e inclusive o utiliza para o seu lazer próprio com a família, certo? Uma das principais vantagens de alugar por temporada é que você tem total controle da agenda de locação e pode disponibilizar o espaço apenas quando você puder e quiser.

Tanto a oferta quanto a procura de acomodações focadas nesse modelo de negócio de aluguel de curta duração vêm crescendo, e este mercado se mostra cada vez mais promissor. Para você, com certeza esse mercado emergente é uma boas notícia, e uma oportunidade imperdível.

O erro de muitos donos de imóveis com alto potencial lucrativo, como o seu, é acreditar que reduzir a duração das estadias significa reduzir os lucros. Unindo o útil ao agradável, o aluguel de curta duração te permite desfrutar do seu imóvel ao mesmo tempo em que o torna uma fonte de renda altamente lucrativa. Mas como? Entenda a seguir.

Lucros maiores e mais otimizados

O que torna um imóvel lucrativo no aluguel de curta duração é uma localização privilegiada, um design diferenciado e as experiências positivas que proporciona aos hóspedes. Quando o ambiente interno e os arredores são atributos muito chamativos, os hóspedes se sentem mais atraídos e dispostos a pagar por essa qualidade. Se você ainda oferece mimos ou amenidades, é certo que irá proporcionar experiências diferenciadas, agregando valor ao negócio. Se o seu imóvel é assim, ou tem potencial para atingir esse conceito, vale a pena repensar a forma como você está gerindo o aluguel.

Geralmente, donos de imóveis mais conservadores preferem apostar no aluguel fixo, já que ele representa garantia de renda e estabilidade. Mas quando um imóvel oferece vantagens e privilégios como os citados, essas características representam alto valor agregado. Com isso, o retorno de investimento que ele pode oferecer com aluguel por temporada ultrapassa significativamente o retorno do aluguel fixo.

Isso é possível graças a uma outra vantagem de alugar por temporada: você define seus próprios preços e os ajusta de acordo com a dinâmica do mercado. A demanda, a concorrência e época do ano em que a hospedagem será disponibilizada são indicadores importantes que devem ser utilizados ao seu favor.

Você pode aumentar as diárias em alta temporada, no Carnaval e no Ano Novo. Mas, mais do que isso, quando o período for de baixa temporada, você pode manter o imóvel ativo aproveitando reservas mais curtas em fins de semana e feriados. E ainda há a possibilidade de receber hóspedes que estão de férias em épocas menos usuais, de menor demanda, bem como nômades digitais, profissionais que fazem trabalho remoto ou viajam a trabalho, etc.

Com essa estratégia você consegue um rendimento que jamais teria com o aluguel fixo, mesmo na baixa temporada. Isso acontece porque, independente da época em que você aluga, o valor agregado característico do seu imóvel sempre será um atrativo para os hóspedes.

Gestão profissional de aluguéis

Agora que você já está ciente dessas vantagens de alugar por temporada, sem dúvidas já há um interesse em lucrar mais com essa estratégia, certo? Com isso, fica o questionamento. Será que é mesmo possível encontrar potenciais hóspedes e fechar reservas com uma frequência estável? Como você vai lidar com um fluxo maior de hóspedes e com o possível aumento nas manutenções?

Primeiramente, para que essa estratégia funcione é preciso buscar outras alternativas que não sejam apenas acompanhar o fluxo de demanda local. Anunciar online em iniciativas como o Airbnb é o segredo para garantir reservas constantes. O alcance digital é bastante abrangente e efetivo, principalmente quando você sabe segmentá-lo para alcançar o seu público-alvo.

Além disso, a dica é apostar em um corretor de imóveis especializado nesse tipo de gestão para:

  • realizar o marketing do imóvel de forma estratégica e personalizada;
  • segmentar o público-alvo e selecionar hóspedes com rigor;
  • estabelecer a estratégia de preços;
  • gerenciar o contato com potenciais hóspedes;
  • receber, atender e dar suporte aos hóspedes.

Profissionalizar a gestão do aluguel do seu imóvel é uma maneira de garantir as vantagens de alugar por temporada citadas e, ao mesmo tempo, ter o mínimo de dor de cabeça. Uma vez que você contrata esse serviço, você não precisa gastar tempo determinando estratégias, gerenciando estadias e atendendo hóspedes.

Apostar nesse serviço profissional é a forma ideal de otimizar seus investimentos, aumentar sua taxa de ocupação e atingir seus objetivos financeiros com o máximo de transparência. Todos os aspectos serão geridos para você com excelência para que o retorno financeiro seja certeiro.

Quer entrar nesse mercado, aproveitar as vantagens de alugar por temporada e fazer do seu imóvel uma fonte de renda lucrativa? A Weekends é uma plataforma especializada na locação de imóveis de curta duração. Atuamos em todo o Brasil, especialmente nas praias do litoral norte de São Paulo e funcionamos de forma integrada com o maior site de aluguel de temporada da atualidade: o Airbnb. Conheça mais sobre como a Weekends funciona agora mesmo!

Ficar com um imóvel parado pode gerar diversas dores de cabeça para um proprietário, além de estagnar seu ganho financeiro. Atualmente, uma das melhores alternativas à crise prolongada é o aluguel de curta estadia, que, inclusive, já se tornou um nicho de mercado bastante rentável. Com o surgimento de plataformas especializadas, essa prática se tornou um sucesso entre proprietários de imóveis. 

Você já fez o balanço entre os benefícios e retorno financeiro oferecidos pelo aluguel por temporada em comparação com o aluguel tradicional? Hospedar por curtos períodos é uma modalidade de aluguel que oferece diversos benefícios práticos, maior retorno financeiro e ainda representa uma oportunidade de tornar o imóvel em uma fonte de renda proveitosa. 

A seguir, confira alguns ótimos motivos pelos quais você deveria considerar apostar em aluguel de curta estadia. 

1. As diárias são mais vantajosas para o anfitrião

Os imóveis disponibilizados para aluguel de curta estadia costumam ter diárias mais altas. Isso já é de praxe; afinal, quanto menor o tempo de hospedagem, maior o custo diário e os gastos com limpeza, manutenção e gestão. Além disso, há um grande valor agregado, principalmente, nos imóveis com localização privilegiada e design diferenciado. 

Todos esses fatores corroboram para incrementar o valor das diárias e, por consequência, ajudam a aumentar o retorno financeiro mensal. Se comparado ao aluguéis tradicionais, com duração de um ano e pagamentos mensais, o aluguel de curta estadia já se mostra mais vantajoso.

Porém, para conseguir alcançar esse retorno satisfatório, é necessário mantem um bom fluxo de hóspedes, o que depende de investir na apresentação do imóvel. Nesse sentido, existem diversas práticas que auxiliam proprietários a potencializar os ganhos com aluguel de curta estadia. Confira essas dicas do que fazer para ganhar mais com aluguel por temporada.

2. O imóvel se mantém ativo e ocupado

Em tempos de crise, pode ser difícil para um proprietário encontrar interessados em alugar imóveis com contratos de longo prazo. Porém, movimento é vida! É muito importante não deixar seu imóvel parado. Com o aluguel de curta estadia, é possível mantê-lo ativo sem depender um contrato fixo. Afinal, mesmo sem a previsibilidade do aluguel tradicional, com uma boa gestão, é possível manter um bom fluxo de hóspedes.

O uso do imóvel também ajuda a divulgá-lo, valorizá-lo e, principalmente, a garantir a sua integridade. Afinal, a falta de uso pode potencializar a degradação da estrutura, ou mascarar algum problema que, a princípio, seria facilmente solucionado, mas, com o passar do tempo, se torna uma enorme dor de cabeça. 

Manter o imóvel ativo por meio da alternativa do aluguel de curta duração ainda auxilia na manutenção de aspectos mais pontuais do imóvel. É também uma chance de detectar melhorias e reformas que possam ser feitas no espaço. Com isso, o imóvel se torna cada vez mais aperfeiçoado, o que contribui para aumentar o valor de uma possível venda no futuro.

3. O retorno financeiro em baixa temporada é maior

Com diárias mais vantajosas somadas à constante ocupação do imóvel, já dá para perceber que, mesmo o aluguel de curta estadia sendo facilmente associado à alta temporada, é possível lucrar fora dela. Esse tipo de imóvel, atualmente, atende a diversos tipos de viajantes com diferentes propósitos, por exemplo:

  • casais sem filhos que preferem viajar em baixa temporada; 
  • executivos que viajam para compromissos corporativos;
  • profissionais que trabalham remotamente;
  • estudantes que têm compromissos acadêmicos.

O que não falta é público para ocupar o seu imóvel. O grande desafio para conseguir fechar mais reservas e garantir um bom retorno financeiro no final do mês é saber fazer a correta apresentação e divulgação do seu imóvel. 

Para isso, vale a pena profissionalizar a gestão das reservas. Dentre as principais vantagens de terceirizar a gestão de aluguel por temporada estão o aspecto da divulgação e da estratégia de preços. Com a ajuda desses profissionais, você será assessorado com o objetivo de atrair hóspedes em todas as épocas de ano de forma competitiva e vantajosa.

4. Os contratos de locação são menos burocráticos

Como os alugueis de curta estadia não representam compromissos de longo prazo, os acordos e contratos podem valer por dias, semanas ou meses. Por isso, não é necessário possuir um fiador, já que os riscos são igualmente minimizados.

Plataformas especializadas em aluguel de curta estadia são o ambiente ideal para disponibilizar o seu imóvel. Afinal, os seus serviços cobrem as demais burocracias necessárias e auxiliam a garantir segurança nos procedimentos de reserva e pagamento. 

Quer selecionar uma plataforma para disponibilizar seu imóvel e começar a colher os ganhos das hospedagens por curta estadia? Conheça a Weekends! 

Somos uma plataforma especializada na gestão de locação de imóveis de curta duração. Oferecemos gestão profissional, divulgação customizada nas principais mídias online, estratégia de preços, assessoria e consultoria, proteção a anfitriões e suporte aos hóspedes. Quer ganhar dinheiro sem dor de cabeça? Saiba mais sobre nossos serviços!

Viajar em baixa temporada tem diversas vantagens. Mas você está pensando em todos os detalhes? Veja essas dicas e garanta tranquilidade na sua estadia.

A melhor parte de viajar em baixa temporada é encontrar os destinos muito mais tranquilos, agradáveis e praticamente disponíveis só para você, não é mesmo? Além de aproveitar o início ou um fim da sua estação favorita, dá para curtir atrações por um preço mais em conta. Assim, sobra grana para investir em tornar a viagem ainda mais especial.

Está querendo planejar a sua próxima viagem e vai ter a oportunidade de fazer esse passeio em baixa temporada? Aqui vão alguns lembretes importantes de detalhes que você pode estar deixando passar despercebido.

Escolha o clima que quer pegar no destino

A baixa temporada é aquele período em que os destinos turísticos se encontram menos concorridos e isso pode variar dependendo da região para onde você pretende viajar. No Brasil, por exemplo, as festas de fim de ano, os períodos de férias escolares e os feriados prolongados mais tradicionais, como o carnaval, ditam a alta temporada. Porém, em regiões mais próximas dos hemisférios, onde as estações são bem demarcadas, o ápice do verão ou do inverno também pode representar um indicativo de alta temporada.

O bom da baixa temporada é que você consegue pegar o meio das estações e ainda aproveitar tudo que a região tem para oferecer. Já definiu o seu destino? Estão comece a pesquisar e planejar a viagem com base no histórico e nas estimativas climáticas para ter essa liberdade de escolher um época agradável, ideal para cumprir com os seus desejos e ainda gastando menos.

Fique de olho nos feriados regionais

Nem todo mundo possui disponibilidade para aproveitar as vantagens de viajar em baixa temporada. Mas, planejamento é sempre a chave para uma viagem perfeita! Fique atento aos feriados regionais. Por vezes, pode ser que seja feriado na sua cidade em uma certa época, mas ele não ocorre em destinos que você gostaria de conhecer! Está aí a oportunidade perfeita para aproveitá-lo com mais tranquilidade e conforto.

O inverso também é válido! Sempre confira os feriados que acontecem no local de destino próximo a data que você pretende ir. Os costumes locais podem influenciar muito na sua estadia. Imagine que você separou parte do seu orçamento apenas para fazer compras, mas, por conta de um feriado regional de que você não tinha conhecimento, as lojas estarão fechadas na maior parte dos dias da sua viagem. Seria péssimo, não é mesmo?

Invista melhor o seu dinheiro

Viajar na baixa temporada é bem mais barato, o que significa que você pode usar o seu dinheiro para investir em outras coisas que valoriza. Por exemplo, compras, gastronomia, entretenimento, atividades culturais e até mesmo conseguir uma acomodação mais completa, bem localizada e luxuosa. Sem trânsito e grandes aglomerações você pode aproveitar o destino de verdade e, ainda por cima, tirar diversas fotos incríveis, sem pessoas desconhecidas aparecendo ao seu redor.

Essa é uma ótima chance para conseguir o melhor custo benefício aproveitando preços mais acessíveis nas atrações mais famosas e investindo mais em outras experiências. Afinal, na alta temporada a diferença de preço pode é exorbitante. As próprias passagens aéreas e outros meios de transporte não só passam longe de entrar em promoção como também ficam mais caros. 

Aproveite vantagens e upgrades na hospedagem

Não são só os preços das acomodações que ficam mais interessantes em época de baixa temporada! hotéis, hostels e anfitriões de imóveis de aluguel para curtas estadias também ficam mais suscetíveis a dar upgrades gratuitos na sua estadia. 

Isso acontece porque, para os negócios que focam em viajantes e turistas, é interessante fidelizar os clientes, principalmente em épocas em que há menor movimento em sua região. Se você ganhasse esse super presente quando se hospedasse em uma acomodação, com certeza adoraria voltar mais vezes para aproveitá-la, certo?

Além disso, hoje em dia, o ramo de aluguel por curtos períodos se profissionalizou bastante. As hospedagens buscam fazer parcerias com o comércio local, o que pode render diversas vantagens para os hóspedes. Por exemplo, descontos em aulas de surf, cupom para usar na melhor hamburgueria da região, etc.

E aí, já tinha pensando nesses detalhes? Fique atento, informe-se e, principalmente, aproveite a oportunidade de garantir mais amenidades na sua estadia! 

Agora que você está planejando sua próxima viagem, e quer aproveitar a baixa temporada, vale lembrar que existem diversas praias no litoral brasileiro que recebem um clima agradável na maior parte do ano. Melhor do que ter a praia só para você, é se hospedar em uma acomodação bem localizada, equipada e de alto padrão. 

Conheça a Weekends! Somos uma plataforma especializada na locação de imóveis de curta duração. Em nossa plataforma, disponibilizamos apenas acomodações selecionadas. Se você também gosta de se hospedar em um lugar lindo, planejado, aconchegante, bem equipado e bem localizado conheça agora mesmo as acomodações da Weekends!